Home Bem Estar Culinária Churrasco

0 1402

Quem é que não gosta de um bom churrasco? No Brasil, os gaúchos tem a fama de possuir as melhores churrascarias do Brasil, contudo, podemos verificar algumas dicas e cálculos simples para que a nossa churrascada de domingo também seja a preferida da galera! O primeiro passo é fazer o cálculo para a quantidade de carne que será ofertada. A maioria dos assadores utiliza uma quantia: 400 gramas de carne por pessoa (só adultos). Mas se o seu churrasco é do tipo que vai alguns acompanhamentos como salada, arroz, pãozinho, o apetite para a carne será menor, então se calcula 300 gramas por pessoa (Adultos). Crianças estimam-se de 200 a 250 gramas.

Churrasco completo

Churrasco completo

Se o seu churrasco tiver três tipos diferentes de carne, por exemplo, o calculo deverá ficar assim: 200 gramas de costela de porco, 100 gramas de linguiça e 100 gramas de picanha, chegando por fim a somatória de 400 por pessoa. Se tiver crianças, acompanhamentos como batata, pastelzinho, arroz e polentinha frita são bem vindos. Tendo as carnes compradas, confira algumas dicas para não errar na mão na hora de assar:

- Não compre carnes que tenham a gordura amarela escura. Isso indica que o animal é velho e que, consequentemente, a carne será dura. Na costela, observe o tamanho dos ossos, os pequenos e gordinhos indicam animais mais novos, por tal, mais saborosos.

- O corte da carne também é muito importante. Deve ser feito no sentido transversal ao comprimento das fibras e músculo. Elas ficam macias e saborosas.

Churrasco com costela

Churrasco com costela

- Antes de salgar a carne, deixe que as mesmas peguem uma cor na brasa. Depois disso, jogue sal grosso ou médio por cima das carnes e as leve novamente para a brasa. Essa é uma dica para que a carne não fique dura, uma vez que quando a mesma é temperada muito tempo antes, ela quando assada tende a ficar seca.

- O lado mais magro da carne deve estar virado para o fogo, evitando assim que tenha perca de gordura. Quanto as costelas, a mesma deverá ser assada com o osso para baixo. O osso do animal poderá servir como combustível. A melhor brasa é aquela que se forma uma camada de cinza por cima do braseiro evitando que se forme labaredas, queimando parte da carne.

- A labaredas não poderá tocar partes da carne, fazendo com que elas fiquem secas. Nunca mexa no fogo, mexa na carne (subindo e descendo, se necessário). Quando houver carne assando, está proibido de virar o carvão diretamente na churrasqueira.

- Quando a carne estiver pronta, bata nela com um garfo para que o sal grosso que nela esteja solte. Sirva em seguida em tiras finas e bom apetite!

Churrasco peça de picanha

Churrasco peça de picanha

Fundador da Blog Notícia. É um empreendedor e blogueiro que dedica a sua vida à produção de conteúdos de grande qualidade.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta